Mesmo 30 anos após o falecimento de Roberto Burle Marx, paisagista segue inspirando projetos atuais

30

Legado de Burle Marx transcende décadas, inspirando projetos contemporâneos ao redor do mundo

Nesta terça- feira(4), completa trinta anos do falecimento de Roberto Burle Marx. Mesmo após três décadas de sua partida, seu legado como paisagista, artista e conservacionista continua a inspirar projetos inovadores em todo o mundo. Reconhecido por sua paixão pela flora brasileira e sua abordagem única para o design paisagístico, Burle Marx deixou uma marca profunda no campo da arquitetura paisagística.  

Nascido em São Paulo em 1909, Burle Marx foi um dos pioneiros em utilizar plantas nativas em seus projetos, destacando a importância da preservação da biodiversidade. Sua obra é conhecida pela integração harmoniosa entre elementos naturais e design moderno, criando espaços que encantam e inspiram.  

Algumas de suas principais obras incluem o calçadão da Praia de Copacabana, com os icônicos mosaicos de calçadas, e os paisagismos encantadores do Parque do Flamengo, no Rio de Janeiro. Seu estilo inovador e visionário influenciou gerações de paisagistas e arquitetos ao redor do mundo.  

Mesmo após trinta anos após sua partida, o paisagista continua inspirando projetos mundo afora. É o exemplo do ‘The Residences at 1428 Brickell‘, em Miami, nos Estados Unidos. O projeto incorpora elementos de design sustentável e paisagismo inspirados na obra de Burle Marx.  

Yamal Yidios, CEO da Ytech, construtora e incorporadora responsável pelo empreendimento, revela os motivos e quais características do prédio que se aproximam das obras do paisagista brasileiro. “Nossa inspiração para The Residences at 1428 Brickell brotou de nossa profunda reverência pelo gênio do design. Eu visualizei o projeto como uma homenagem ao seu legado, canalizando suas estéticas distintas e abordagens inovadoras para espaço, luz e design.”, explica Yamal.  

“O legado de Burle Marx na arquitetura paisagística, conhecido por seu uso de plantas nativas e a criação de espaços ao ar livre exuberantes e vibrantes, reflete nos aspectos botânicos e nas amenidades ao ar livre de The Residences at 1428 Brickell. Sua abordagem de design, integrando arte, ecologia e paisagismo, pode ser vista na ênfase da propriedade em espaços verdes, sustentabilidade ambiental e na perfeita integração da vida interna e externa”, detalha o CEO.  

Outra característica que faz o empreendimento se aproximar dos valores de Roberto Burle Marx é a preocupação e preservação da natureza. O projeto conquistou o primeiro certificado LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) nos Estados Unidos. Este reconhecimento foi validado por conta da face oeste do edifício incorporar uma “coluna solar” com 500 painéis fotovoltaicos e mais de 1.800 m². A instalação possui capacidade de geração permanente, podendo produzir anualmente até 170 megawatts de energia limpa. Essa iniciativa é destinada a reduzir as emissões de CO2 e diminuir o consumo de óleo combustível.  

Daniel Ickowicz, diretor de vendas da Elite International Realty, enxerga uma tendência na ascensão da filosofia de construções sustentáveis. “Os compradores buscam não apenas propriedades sofisticadas, mas também locais que promovam a sustentabilidade ambiental. Imóveis como o The Residences at 1428 Brickell incentivam todos a adotar práticas mais conscientes de preservação do meio ambiente”, afirma Daniel.  

O ‘The Residences at 1428 Brickell‘ representa não apenas um tributo ao trabalho de Roberto Burle Marx, mas também um exemplo de como sua visão continua relevante e inspiradora até os dias de hoje.