Dezenas de seminários, centena de palestras, encontros presenciais e online, de norte a sul do país. A Academia Brasileira de Eventos e Turismo comemora no mês de fevereiro 18 anos gerando boas ideias, favorecendo atitudes e ações junto aos empresários e mercado, frente à gestão moderna e consciente desse setor.

Com contribuições importantes para o setor de eventos e turismo, a entidade vem, ao longo de quase duas décadas, compartilhando experiências e conhecimentos por meio de reconhecidos e qualificados profissionais, formados por diferentes setores da indústria de eventos e turismo, que contribuíram ou ainda contribuem para o desenvolvimento da cadeia de valores de eventos e turismo no Brasil.

“Nesses 18 anos tivemos momentos de confraternização, conhecimentos mútuos, palestras inesquecíveis, aprimoramento da formação profissional de estudantes, viagens como a recente visita ao saudoso acadêmico João de Simoni; no Rio de Janeiro quando fomos primorosamente recepcionados pelo saudoso acadêmico Álvaro Bezerra de Mello; em Gramado, quando homenageamos Marta Rossi e em seminários realizados em Maringá, Belém e Fortaleza. Foram muitos os momentos memoráveis”, relembra Sergio Junqueira Arantes, Presidente da Academia Brasileira de Eventos e Turismo.

A Academia foi responsável por entregar projetos memoráveis como o CNA EvTur, lutando pela instituição da arbitragem nos eventos; o CeGe, responsável por conceder Certificação de Excelência para Gestores de Eventos em fase de implantação; o Educacional, que levou um grupo de estudantes para Europa e EUA; a LAB Academia, promovendo a união entre professores e empresas; o livro 2030 – Metas para os Eventos e o Turismo e o projeto desenvolvido em 2018 pelo Método Delphi que ouviu 35 profissionais.

“O valor da Academia é notado pela quantidade de ações efetivamente realizadas ao longo desses 18 anos. Agradecemos o contínuo apoio dos nossos Mantenedores, Patrocinadores e Apoiadores que permitem a realização de projetos e ações com alto grau de valor agregado. E a gratidão de todas as diretorias aos Acadêmicos que se dedicam sem medir esforços para manter a entidade, pesquisar e produzir conteúdo único e proprietário, assim como participar ativamente nas palestras, workshops, seminários e Summits em nome da Academia engrandecendo e cumprindo a missão da nossa entidade até mesmo durante a pandemia do COVID-19, gerando mais de uma dezena de lives e que continua tendo sucesso através da Revista Academia online”, comenta Elza Tsumori, Acadêmica e Diretora Financeira da Academia Brasileira de Eventos e Turismo.  

A entidade homenageia a memória de Álvaro Bezerra de Mello, Cyro del Nero, Domingos Peña, Eduardo Sanovicz, Eraldo Alves da Cruz, Guillermo Lavalén, João de Simoni, Lemos Britto, Mario de Mello Faro, Miguel Juliano, Paulo Gaudenzi, Sergio Pasqualin e Toni Nogueira, profissionais de renome que contribuíram significamente na construção dessa longa e importante jornada da instituição.

Sobre a Academia Brasileira de Eventos e Turismo

A Academia Brasileira de Eventos tem como um dos objetivos fundamentais trazer ações e atividades programadas a integração de esforços para a implementação do setor de eventos e turismo a nível nacional e internacional. Gera vínculos de qualidade entre acadêmicos e a comunidade do setor de eventos e turismo, promovendo discussões, ideias inovadoras, produtos e serviços que venham corresponder aos desafios do momento atual, bem como, fortalecer a base dos relacionamentos entre iniciativa privada e setor público. Lançada em 17 de fevereiro de 2006, tem Caio de Alcantara Machado como Patrono. Saiba mais: https://academiaeventosturismo.org.br/